MÊS DAS CRIANÇAS NÃO É BRINCADEIRA!


Outubro é mês das crianças e comemorar esta data é uma maneira de homenageá-las, fortalecendo a afetividade. Mas a data não se resume a presentes, tirar o dia para brincar com as crianças é uma ótima ideia, não só neste dia, mas em todas as etapas do seu desenvolvimento.
Ao brincar, a criança treina as suas habilidades cognitivas: aprende a pensar, lembrar, prestar atenção e a solucionar problemas. Além disso, as brincadeiras ajudam na imaginação, estimulam a criatividade, a concentração, persistência e resiliência.
Brincadeiras que usam bastante o corpo e a imaginação ajudam no desenvolvimento do físico e do cognitivo durante a educação infantil. Vamos conhecer algumas delas?
1) Caça ao tesouro
Essa é uma brincadeira antiga e muito querida por crianças. Envolve raciocínio lógico e habilidades motoras, físicas, cognitivas e manuais.
Como eles ainda estão em fase de pré-alfabetização, vale desenhar pistas ao invés de escrever e usar algumas letras para identificação. As crianças usam o trabalho em equipe para chegar ao prêmio e se divertem na competição.
2) Esconde-esconde
Esconde-esconde é uma brincadeira em grupo que trabalha o individual. A busca pelo esconderijo, a percepção de quando se pode correr para o pique, a movimentação do corpo: tudo é trabalhado.
3) Quente ou frio
Um pouco parecido com a caça ao tesouro, no quente ou frio você venda os olhos de uma criança e pede para ela procurar algum objeto ou lugar. Se ela está se aproximando, você grita “quente”. Se está longe, “frio”. Ela trabalha o raciocínio, a percepção e alguns sentidos como o tato.
4) Pula-corda
Pular corda é um exercício ótimo tanto para crianças quanto para adultos. Ela trabalha inúmeras habilidades motoras e na infância pode se tornar uma brincadeira com o auxílio de músicas e desafios.
5) Pintura com os dedos
É uma brincadeira divertida que encanta muito os pequenos! Eles adoram uma bagunça! Aos 5 anos, o legal é pedir para que a criança se mantenha nas linhas do desenho. Assim, trabalha-se toda a coordenação e percepção de espaço.
6) Amarelinha
Amarelinha é uma brincadeira bem simples e antiga. Desenha-se no chão os quadrados da amarelinha, com números de 1 a 10. O participante joga uma pedrinha de número em número, com cuidado para não pisar na casa em que está o objeto e depois pula até o final. O objetivo é jogar a pedra até chegar no número 10. A brincadeira trabalha equilíbrio, coordenação motora, conhecimento de números e força.
É através do brincar que a criança forma conceitos, seleciona ideias, percepções e se socializa cada vez mais. O brincar é uma atividade que auxilia na formação, socialização, desenvolvendo habilidades psicomotoras, sociais, físicas, afetivas, cognitivas e emocionais.

 

Copyright © 2019. Protege Empreendimentos. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por